Blog

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Conheça 7 números impressionantes sobre o Enem

Que a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é um evento de enorme magnitude, todo mundo sabe. Agora, o conjunto espantoso de números necessários para realizar a prova em todo o Brasil nem nós imaginávamos.

Segundo o Inep, órgão do Ministério da Educação responsável pelo Enem, a organização, distribuição e aplicação da prova envolveu mais de 700 mil pessoas e 33 milhões de materiais administrativos, como questionários e atas de presença, entre outros. É uma megaoperação da qual participam os governos dos estados, as prefeituras, a direção dos locais de prova e até o Exército.

giphy-7-post 27-09

Veja outros números:

São 77 mil malotes de provas
Os quase 18 milhões de cadernos de provas (17.254.288) já saíram da gráfica em pacotes definidos para cada local, mas todo o conjunto foi levado a uma sede do Exército, em Brasília, onde ficou sob proteção dos militares. Um mês antes da aplicação, em 5 de outubro, as provas passaram a ser transportadas para os diferentes estados do país, para serem guardadas em diferentes quartéis. As provas seguiram por 6,1 mil rotas de distribuição.

E 8,6 milhões de estudantes inscritos em 2016
O Enem 2016 teve 8.627.194 inscritos distribuídos em 17 mil locais de prova, em 1.727 cidades.

Foram 33.336 mil coordenadores de local de aplicação e assistentes
A equipe de campo para aplicação do Enem conta com coordenadores estaduais, municipais e de local de aplicação, assistente de local de aplicação, chefe de sala, aplicador convencional (fiscal de sala), aplicador especial, fiscal volante (fiscal de corredor), fiscal de banheiro e pessoal de apoio (portaria, limpeza, segurança, manutenção predial e de equipamentos). Só os coordenadores de local de aplicação – responsáveis pela coordenação e acompanhamento da aplicação do Enem no local para o qual foram designados – foram mais de 33 mil.

O Enem também conta com uma aplicação para as pessoas privadas de liberdade. Este ano, foram 54.347 inscrições para as provas, que foram aplicadas em 1.290 unidades prisionais e educativas de todo o país. Só para essa operação foram usados 1.000 coordenadores.

E 476.040 chefes de salas e aplicadores
O chefe de sala é o responsável pelo processo de aplicação da prova em sala. Cabe a ele receber os cadernos de questões e fazer a sua distribuição na sala, juntamente com o(s) aplicador(es), registrar as ocorrências na sala, fazer a identificação dos participantes, mesa por mesa, coletando a assinatura na lista de presença, dar os avisos verbais necessários aos participantes; circular pela sala observando se os preenchimentos obrigatórios dos participantes estão sendo realizados; (cor da prova, transcrição da frase, assinatura nos campos obrigatórios: cartão-resposta, folha de redação e de rascunho e lista de presença); vistoriar todo o material permitido a ser utilizado pelo participante com atendimento diferenciado deferido etc. Cabe ao aplicador, além de auxiliar o chefe de sala, vistoriar a sala de aplicação, conferindo se o número de carteiras é adequado ao número de participantes e enfileirá-las de modo que elas não fiquem muito próximas, entre outras coisas.

E ainda 20 mil aplicadores especializados
O Enem oferece atendimento especializado para candidatos com necessidades especiais. Para isso, há aplicadores habilitados com funções como a de ledor, intérprete de libras, guia-intérprete de surdocegos e transcritor. Eles serão responsáveis também por verificar o tipo de atendimento a ser realizado, dispor o mobiliário da sala de acordo com a solicitação do participante; verificar as rotas mais próximas para banheiros e bebedouros; recepcionar e identificar os participantes; aplicar a prova e observar se os preenchimentos obrigatórios dos participantes estão sendo realizados, entre outras coisas.

Além de mais de 12 mil corretores da prova de redação espalhados pelos estados e Distrito Federal

Pelo jeito, a organização do Enem só perde em grandeza para as eleições nacionais.  E aí, curtiu saber?

Via Guia do Estudante

Deixar um comentário

*