Blog

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Para que serve o Enem? Saiba como usar a sua nota

Criado para avaliar o conhecimento dos estudantes no fim do ensino médio, o Enem foi ganhando outras funções com o passar do tempo. As mais conhecidas delas são o Sisu (Sistema de Seleção Unificada), o Prouni (Programa Universidade Para Todos) e o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil).

SEI_Blog-13.09

Mas o exame pode abrir também outras portas: entre elas, a entrada em universidades portuguesas ou em cursos de língua estrangeira. Saiba mais sobre cada uma dessas possibilidades:

Sisu: oferece vagas em instituições públicas de ensino superior para candidatos participantes do Enem. Para participar, o candidato deve ter feito o Enem no ano anterior, sem zerar a nota da redação.

Prouni: concede bolsas parciais ou integrais em faculdades privadas. Para participar, o candidato deve ter feito o Enem a partir de 2010, com desempenho mínimo de 450 pontos nas provas objetivas e sem zerar a nota da redação.

Fies: oferece o financiamento das mensalidades de instituições particulares de ensino superior. A partir de 2018, o Fies terá três modalidades de funcionamento, que variam tanto em critério de renda como em taxa de juros.

Intercâmbio em Portugal: desde 2014, quando foi firmado um acordo entre Brasil e Portugal, as instituições portuguesas aceitam a nota do Enem como forma de seleção para candidatos brasileiros. Hoje, 26 instituições portuguesas aceitam as notas do exame.

Idiomas sem Fronteiras: o Enem é utilizado como um dos critérios de participação para alunos de graduação de universidades particulares no Idiomas sem Fronteiras, programa do MEC (Ministério da Educação) que oferece cursos online e presenciais de línguas estrangeiras como alemão, espanhol, francês e inglês. Para participar, esses alunos devem ter obtido mais de 600 pontos nas provas do Enem realizadas a partir de 2009.
Fonte: UOL Educação

Deixar um comentário

*